O que é blockchain?

O que é blockchain?

Já ouviu falar sobre a tecnologia blockchain? O termo ficou muito conhecido por causa da moeda virtual Bitcoin.

Todo investidor que deseja comprar bitcoins precisa entender o que é blockchain e seu funcionamento, para que possa fazer seus investimentos compreendendo como o universo da bitcoin funciona.

Entenda o que é blockchain

Blockchain é basicamente um livro contábil, que registra toda a transação da moeda virtual, de modo confiável e imutável. Através da tecnologia blockchain, são registradas informações como:

A quantia de moedas transacionadas; Quem enviou a moeda; Quem recebeu a moeda; Quando a transação foi feita; Em qual lugar no livro contábil a transação está registrada.

É por isso que, pode-se dizer que transparência é um dos principais benefícios da tecnologia blockchain.

Como surgiu?

A tecnologia blockchain surgiu em 2008 junto com o Bictoin, justamente visando que a Bitcoin pudesse ser criada.

Para que as transações eletrônicas de Bitcoins pudessem ocorrer sem depender de terceiros, foi preciso implementar a tecnologia blockchain, que é um conjunto de regras que faz o funcionamento do Bitcoin existir

.

Com o passar dos anos o sistema blockchain evoluiu, possibilitando que essa tecnologia fosse adotada em outros sistemas.

Armazenamento de dados blockchain

As informações de um grupo de transações criam um bloco, que terá registro de tempo e data. Dessa forma, a cada 10 minutos é gerado um bloco que se liga ao bloco imediatamente anterior.

Todos os blocos são dependentes uns dos outros, formando uma cadeia de blocos que origina inclusive o nome do blockchain.

Toda a rede blockchain é formada por mineradores que verificam e registram as transações no bloco. Eles emprestam poder computacional para que a rede exista.

Por isso mesmo, eles recebem como recompensa moedas digitais, visando que continuem emprestando seu poder computacional para que a rede exista.

Portanto, de forma resumida a tecnologia é um livro contábil público que é responsável por registrar todas as transações de moeda virtual, formando uma cadeia de blocos.

Todos podem participar de uma rede blockchain, inclusive, muitos mineradores iniciantes começam a participar sem entender de fato a importância de sua atuação para a rede.

Todo minerador e toda pessoa que investe dinheiro em bitcoins fazem parte da rede blockchain, sabendo disso ou não.

Uma vez que, as criptomoedas funcionam usando a tecnologia blockchain para que possam ser seguras e evitar fraudes.

Blockchain só existe por causa da Bitcoin?

Não exatamente! Na realidade, a tecnologia blockchain é justamente o que permitiu a criação das criptomoedas em geral, inclusive da Bitcoin.

As criptomoedas usam essa tecnologia para que seja possível dar maior transparência e segurança para cada transação.

Além disso, a tecnologia pode ser usada para muitos outros objetivos. Portanto, não está somente atrelada ao objetivo contábil das criptomoedas.

Entender o funcionamento dessa tecnologia é importante para que seja possível minerar ou investir sabendo o que está fazendo.

Tendo em vista que, ao entender o que é blockchain e como se dá o seu funcionamento, a transparência das transações passa a tranquilizar o investidor.

Garantindo que assim, seja possível manter uma rede que é tão valorizada e desejada, totalmente livre de invasores.

Afinal, para invadir esse tipo de tecnologia, é preciso desvendar vários códigos. Processo que não é simples ou fácil e que faz com que toda a rede seja muito mais segura.

Entendendo isso, é possível se tornar um minerador para fazer parte da rede ou um investidor, sabendo que as criptomoedas são verdadeiramente seguras

Blockchain é seguro?

Quando o assunto é segurança, é normal ter dúvidas se é possível investir em Bitcoin tendo convicção de que as tecnologias são seguras e efetivas.

No entanto, é possível dizer que a tecnologia blockchain desde seu surgimento é um método de segurança inquestionável em relação ao processamento dos dados e transações.

Todos os dados processados por essa tecnologia são seguros, com informações completas e podem ser verificados por todos.

Esses aspectos fazem com que o blockchain seja seguro desde seu surgimento até os dias atuais, em que a tecnologia já evoluiu bastante.

Pode ser usado em qualquer criptomoeda?

Sim! Atualmente já existem criptomoedas que utilizam blockchains customizadas, como a própria Etherum que utiliza uma customização da blockchain original para garantir descentralização das transações, mas usando um modelo diferente da bitcoin original.

A tecnologia blockchain também pode ser usada em outros setores, não se restringindo ao universo das criptomoedas.

No Brasil, a Receita Federal anunciou em 2018 que utilizaria a tecnologia para compartilhar dados do CPF dos brasileiros com outras entidades governamentais, facilitando a troca de informações, por exemplo.

Portanto, é uma tecnologia versátil, útil e que pode ser usada em diferentes cenários dependendo da demanda de quem precisa lidar com dados confiáveis, graças ao fato de ser uma tecnologia eficiente e segura.