O que procura?

Categorias

Investimentos

Ícone abrir

Bitcoin

Ícone abrir

Segurança

Ícone abrir

Arbitragem de bitcoin: o que é, como funciona e como fazer?

Arbitragem de bitcoin: o que é, como funciona e como fazer?

Já ouviu falar sobre arbitragem de Bitcoin? É preciso entender como o mercado funciona, para que se consiga compreender como se dá o processo de arbitragem.

Tendo em vista que, diferente do mercado de ações, onde as corretoras apenas repassam ordens para uma bolsa de valores centralizada, nas criptomoedas cada Exchange atua com suas próprias regras.

E entender isso é fundamental para que consiga ter sucesso em suas transações de bitcoins. O mecanismo de atuação do mercado de bitcoin abre oportunidade para realizar arbitragens, ou seja, comprar o ativo e vender imediatamente em outra Exchange com lucro.

Nós vamos te explicar como funciona para que você entenda definitivamente essa oportunidade e consiga desenvolver bons resultados a partir disso.

Entenda o mecanismo da arbitragem de bitcoin

Após compreender que cada empresa é livre em relação às suas regras de cotação e demais detalhes que influenciam nas operações de bitcoins, é possível compreender que isso abre margem para investidores obterem mais lucros em suas negociações.

Inclusive, quando as negociações são feitas dentro da mesma corretora, considerando que outras criptomoedas também funcionam de tal forma.

A cotação das criptomoedas pode mudar de acordo com cada Exchange, inclusive, considerando aspectos do perfil diferente de clientes, ou até mesmo por um prazo maior para transferências de criptoativos.

Questões como o limite de saques diários, fluxo de ordens reduzidos e negociações por meio de exchanges menores, são fatores que alteram o processo de arbitragem.

A arbitragem é um trade de baixo risco, com ordens habitualmente executadas por robôs, realizando ordens simultâneas em diferentes mercados.

O que é arbitragem de Bitcoin na prática?

Arbitrar bitcoins ou outras criptomoedas significa realizar compras e vendas simultâneas em diferentes mercados.

Sempre com o objetivo óbvio de obter ganhos imediatos que são relativamente pequenos, mas que não deixam de ser significativos.

O mecanismo é relativamente simples, mas é preciso lembrar que para funcionar é necessário ter dinheiro em ambas as exchanges.

O mesmo procedimento pode ser feito comprando criptoativos no exterior usando uma corretora norte-americana e vendendo no Brasil, quando o câmbio compensa.

Ou seja, a arbitragem é um tipo de trade de baixo risco, que busca beneficiar o investidor com a cotação em mercados correlatos.

Toda arbitragem sempre será lucrativa?

Um ponto importante a ser percebido é que, não são todas as arbitragens que necessariamente serão lucrativas.

Em seu cálculo, é preciso incluir a taxa de corretagem das exchanges, bem como, eventuais taxas de resgate do valor fiduciário.

Observe também que existem as taxas para rebalancear as reservas quando necessário que são cobradas pelos mineradores.

Mesmo lucrando, o usuário que desconsiderar o custo de transferência de criptomoedas e saque pode acabar no prejuízo.

Outro risco que o investidor precisa considerar é o de atraso no envio de ordens de uma das corretoras envolvidas.

Essa questão de fração de segundos pode resultar em execução parcial da transação, gerando saldo no livro de ofertas.

Quando a compra e venda não é executada de forma simultânea existe risco de prejuízo. No entanto, é preciso analisar o cenário e experimentar para identificar se a arbitragem é um trade que vale a pena na sua rotina.

Somente grandes clientes podem ganhar com arbitragem?

Não, o mercado permite operações com frações do criptoativo. Garantindo que a partir de um valor de aproximadamente R$50 já é possível ganhar com a arbitragem.

No entanto, é normal que os arbitradores deixem criptomoedas e valores parados em diversas exchanges, evitando assim a necessidade de realizar transferências diárias.

O usuário precisa acompanhar as cotações para que possa aproveitar eventuais diferenças que cubram as taxas que precisará pagar para executar a arbitragem.

Sempre é necessário lembrar que transferências para endereços do próprio Mercado Bitcoin são imediatos e não possuem taxa.

Diante disso, se o seu objetivo é começar a fazer pequenos trades para que consiga bons resultados na valorização de seu capital, é possível usar a técnica.

De modo que, possa começar a multiplicar seu capital e ter bons resultados a partir das transações.

Obviamente, quanto mais experiência o investidor adquire, melhores são seus resultados em relação ao processo de arbitragem. Observar bem o mercado ajuda no processo de fazer boas negociações.

Explorar mais

Como o Bitcoin funciona

Bitcoin

Como o Bitcoin funciona

Já ouviu falar em bitcoin? Ou quem sabe em ouro digital? Bitcoins são moedas digitais que existem desde 2008.

Leia mais

Banco mais antigo da Colômbia inicia testes para compras com criptomoedas

Bitcoin

Banco mais antigo da Colômbia inicia testes para compras com criptomoedas

O Banco Bogotá, o mais antigo da Colômbia iniciou testes para que seus clientes possam receber pagamentos usando moedas digitais.

Leia mais

O que é gráfico de candles e como entendê-lo?

Bitcoin

O que é gráfico de candles e como entendê-lo?

O gráfico de candles é utilizado por traders, com o objetivo de visualizar a oscilação de preço de um ativo.

Leia mais