Como surgiu a ideia do NFT?

Como surgiu a ideia do NFT?

A tecnologia NFT está cada vez mais comum na rotina das pessoas, mas que tal entender como essa ideia surgiu?

Entender o surgimento do NFT é importante para que todo usuário possa confiar na tecnologia e aproveitar ao máximo tudo que o NFT tem para oferecer. Afinal, essa é uma poderosa tecnologia para ser atrelada a uma série de itens e produtos.

Possibilitando que todo comprador tenha acesso a itens confiáveis e possa fazer uma aquisição tendo certeza de que a compra é de um produto original.

Entendendo o surgimento do NFT

O NFT (tokens não fungíveis) são criptoativos exclusivos, que existem desde 2012. O conceito de NFT surgiu juntamente com a divulgação de Bitcoins para o mercado.

No período, os NFTs eram apenas satoshis, ou seja, moedas coloridas de bitcoin que representavam pequenas frações de bitcoin com informações distintas.

Essas moedas acabaram sendo utilizadas para negociar trabalhos artísticos, muitas vezes usando plataforma de negociação peer-to-peer construída dentro do blockchain do bitcoin.

A popularização do NFT

Com o passar dos anos, a utilização de NFT deixou de ser uma exclusividade no blockchain atrelado ao bitcoin e passou a ser possível criar NFT’s em diferentes blockchains.

Com a popularização do uso de NFT , a tecnologia se tornou uma grande aliada do mercado de arte. Possibilitando o uso de NFT para vender pinturas e outros produtos que requerem um certificado de originalidade.

Afinal, a principal função do NFT é justamente oferecer essa garantia de que o produto é único, exclusivo e original. E que os demais itens “iguais” vendidos online são meramente uma cópia daquele original.

Atualmente, até mesmo ativos do mundo real podem utilizar a tecnologia NFT para que seja possível garantir que aquele ativo é um item original.

De modo que, o NFT serve como uma certificação que pode ser utilizada para agregar valor ao produto, possibilitando que futuramente esse ativo seja vendido conforme interesse do proprietário.

Todo artista pode utilizar a tecnologia NFT?

Sim! A boa notícia é que, todo profissional que cria algo e deseja garantir a autenticidade de seu trabalho, pode atrelar o produto à tecnologia NFT.

Atualmente, existem muitas blockchains que oferecem a emissão de NFT. O Ethereum é, sem dúvidas, o mais utilizado no momento. Mas existem outros que também estão se popularizando e que oferecem praticidade no processo de criar seu NFT.

Dessa forma, todo profissional interessado poderá usar essa tecnologia para que suas criações possam ser vendidas com o NFT atestando a originalidade.

Justamente para que as cópias disponíveis no mercado não sejam valorizadas em detrimento do produto original.

Afinal, com a replicação de material cada vez mais rápida na internet, é natural que as cópias ocorram e o profissional que criou o material original queira se proteger. A tecnologia NFT é uma grande aliada nesses casos e veio para ficar.

Certamente nos próximos anos a tecnologia será cada vez mais comum no cotidiano das pessoas. Uma vez que, já estabeleceu sua importância no mercado de arte.