Como Interpretar Gráfico de Criptomoedas?

Como Interpretar Gráfico de Criptomoedas?

O gráfico de criptomoedas é um recurso muito útil para avaliar seu preço. Viabilizando que possa identificar se vale a pena ou não fazer o investimento naquele momento em específico.

Tendo em vista que, o gráfico de preço é a representação visual para acompanhar os movimentos que ocorreram no passado. Viabilizando que possa comparar as negociações da criptomoeda em questão.

Analisando corretamente o gráfico de criptomoedas que também é conhecido como gráfico de velas ou candles, é possível obter uma série de informações relevantes.

Justamente para que sua compra se torne muito mais assertiva. Nós vamos te explicar tudo sobre interpretação de gráficos de criptomoedas a partir de agora!

Por que evitar o gráfico de linha?

Uma das possibilidades quando se fala em mercado de criptomoedas é usar o gráfico de linha para acompanhar as cotações.

Entretanto, esse tipo de mercado apresenta uma oscilação de 10% ou 20% nas cotações dentro de um mesmo dia.

Quando o investidor está se pautando somente pelo gráfico de linha, é possível que tal movimentação recente desapareça no gráfico. Uma vez que, o gráfico de linha tem limitações consideráveis.

Por isso mesmo, os traders preferem fazer uso do gráfico de vela. Que permite observar toda a faixa de negociação dentro de cada período analisado.

Portanto, as informações presentes na análise do gráfico tipo vela, permitem que o investidor tenha resultados muito mais assertivos em suas decisões.

O que cada vela representa?

Existem várias informações dentro de um gráfico tipo vela! O primeiro ponto a ser observado é a cor do gráfico. Caso esteja em verde representa alta, já em vermelho representa queda.

A linha fina cinza que forma a vela diz o preço máximo e o mínimo no período analisado. E o que define a cor da vela é a diferença entre o preço do primeiro e último negócio realizados no período analisado.

Também é importante saber que o primeiro negócio do dia é conhecido como “abertura” e o último como “fechamento”.

Tudo que foi negociado antes da abertura não irá impactar na vela do período analisado. Suponha que está observando as negociações de fevereiro de 2022, a vela não revelará qualquer informação sobre janeiro de 2022.

Portanto, é fundamental saber delimitar o período que realmente precisa analisar. Tendo em vista que, o período é determinante para obter uma informação coerente.

Mais detalhes para observar

Cada vela representa não só o mínimo e máximo do período, como também revela o preço de abertura e fechamento da cotação naquele período analisado.

No gráfico só são levados em conta os negócios ocorridos dentro do período analisado. Isso faz com que seja necessário alterar o detalhamento da escala de tempo para um prazo pequeno, visando identificar quais foram os movimentos do dia.

Para que possa observar, por exemplo, se houve uma queda, formando a mínima, para posteriormente atingir o preço máximo daquela cotação analisada.

Não tenha medo de analisar o gráfico

Para muitos iniciantes, o gráfico de vela (candle) é visto como algo muito complexo. Entretanto, sua análise é bastante gráfica e simples.

Portanto, é necessário começar a praticar para perder o medo do gráfico e obter a partir de então uma leitura mais completa dos movimentos do ativo que pretende comprar.

Dessa forma, a análise poderá te ajudar a definir se a sua compra é interessante naquele momento. E sempre cabe a dica de ter uma pequena reserva para compras de oportunidade em caso de queda no preço.