Entenda como declarar bitcoin no Imposto de Renda

Entenda como declarar bitcoin no Imposto de Renda

Investe em Bitcoin e não sabe como declarar Bitcoin no Imposto de Renda? Aprender como declarar é importante para evitar cair na malha fina.

Afinal, este é um investimento que deve ser declarado em sua lista de bens. Para evitar qualquer tipo de problema, separamos um tutorial que te ensina como declarar bitcoin no Imposto de Renda (IR), continue lendo e confira!

Passo a passo para declarar Bitcoin no IR

Todas as pessoas que precisam obrigatoriamente declarar Imposto de Renda e investem em criptomoedas, devem declarar esse investimento.

Muito embora as criptomoedas possam parecer inicialmente isentas, elas precisam ser declaradas na aba “bens e direitos”.

O processo para declarar Bitcoin no Imposto de Renda é bastante simples. Com o programa da declaração aberto, clique na aba “bens e direitos”.

Em seguida, basta selecionar o código “99 – outros bens e direitos” e declarar a criptomoeda pelo valor de aquisição. A declaração nunca deve ser feita com base no valor de mercado da moeda.

Independentemente de a moeda ter valorizado ou desvalorizado após a aquisição, o valor correto a declarar é o de compra.

Durante o período de declaração do Imposto de Renda, a Bitnuvem disponibiliza uma descrição para sua declaração ser preenchida corretamente.

Na época de declarar seu IR, basta acessar seu extrato da conta Bitnuvem para ter acesso às informações que precisará para preencher sua declaração corretamente.

Como preencher a aba “situação em”?

Você deve ter percebido que, em sua declaração conta algo como “situação em 31/12/18” e “situação em 31/12/19”.

Suponhamos que você comprou Bitcoin no dia 01/05/19, nesse caso, a situação em 31/12/18 deverá ser preenchida com zero.

Afinal, na data 31/12/18 o investimento em criptomoedas ainda não havia sido feito. Portanto, a situação era de zero reais investidos. Caso tenha sido comprado 2 mil reais em criptomoedas no dia 01/05/19, preencha 2 mil no campo situação em 31/12/19.

Uma vez que, a declaração sempre deve conter o valor de compra das criptomoedas e não considerar a valorização de seu investimento.

Fez várias compras de Bitcoins ao longo do ano?

Caso tenha realizado várias compras de Bitcoins ao longo do ano, sua declaração deve ser preenchida com o valor total das compras. Portanto, some as quantias e declara o valor total no campo situação em 31/12/19.

Preenchendo o campo “descrição”

Certamente você também percebeu um campo escrito “descrição” essa aba de sua declaração é destinada ao preenchimento de dados sobre suas aquisições de Bitcoins.

Aproveite essa aba para informar dados como a cotação do Bitcoin no dia da compra, a corretora que foi usada para negociar as criptomoedas e demais dados importantes.

Preencher a sua declaração com riqueza de dados é um cuidado importante para evitar cair na malha fina.

Como declarar ganhos em criptomoedas?

Se durante o ano você comprou e vendeu criptomoedas obtendo lucro com a transação, precisa declarar isso!

Uma vez que, o imposto será cobrado sobre seus ganhos. Quem vende criptomoedas e tem um ganho superior a R$35 mil em um mês precisa declarar esse ganho por meio do Programa de Apuração dos Ganhos de Capital.

Na hora de declarar seu Imposto de Renda, basta importar os dados do programa de declaração mensal e o IR incidirá sobre seus ganhos.

Caso não tenha realizado a declaração sobre a venda feita, é importante regularizar a sua situação com a Receita Federal.

Nesses casos, é cobrada uma multa por ter atrasado sua declaração de ganhos. No entanto, seu CPF ficará regularizado após quitar aquilo que deve.

Tenha em mãos o seu extrato

Uma dica importante para evitar erros é ter em mãos o seu extrato referente às negociações de Bitcoins. Dessa forma, é possível preencher sua declaração sem cometer erros.

Evitando cair na malha fina por ter colocado algum dado de maneira equivocada. Muito embora pareça complexo, preencher a declaração é autoexplicativo. Portanto, não deixe de fazê-lo corretamente, para evitar multas e problemas burocráticos.