O que é candlestick e como interpretar

O que é candlestick e como interpretar

O que é candlestick e como interpretar

Quer aprender o que são candlesticks para entender como interpretar e usar essa informação a seu favor?

É muito importante estar bem informado no seu início de carreira como trader. Tendo em vista que, os dados são fundamentais para acompanhar a evolução do mercado e fazer boas escolhas.

Nós vamos te orientar em relação ao que é, como interpretar candlestick e vamos te disponibilizar a bíblia do candlestick para que entenda de uma vez por todas!

O que são candlesticks?

Traduzido de forma literal como “candelabro”, o candlestick é um instrumento de análise gráfica para acompanhar a renda variável.

Com formato gráfico de preços dos ativos, o método lembra uma vela ou candelabro e por isso foi batizado de candlestick.

O método foi desenvolvido por Homma Munehisa, quando operava contratos futuros na Bolsa Dojima em Osaka.

Através do uso de seu método, o criador teve sucesso em 100 trades consecutivos, como contam os locais.

Em meados da década de 80, a técnica foi trazida para o Ocidente e aprimorada com o passar dos anos. Com a representação gráfica de preço, torna-se muito mais fácil interpretar dados e ser coerente em suas análises.

Possibilitando que tenha ótimos resultados em suas operações financeiras e, consequentemente, possa ter lucros.

Como interpretar o candlestick?

Basicamente o gráfico conhecido como candlestick é formado por um corpo e suas sombras. O corpo consiste em um retângulo colorido. Já as suas extremidades inferior e superior são conhecidas como as sombras.

Ao interpretar, observe que o corpo de um candlestick positivo tem o seu lado inferior correspondente ao preço de abertura, e o superior ao de fechamento.

Além disso, a extremidade da sombra superior representa a cotação máxima no período. E o extremo da sombra inferior consiste no valor mínimo.

Tendo essas referências da bíblia do candlestick, é possível ser muito assertivo em suas previsões. Possibilitando que consiga uma interpretação efetiva em suas análises e alcance melhores resultados.

Quando o candle é negativo, sua extremidade inferior consiste no preço de fechamento. E ponta a superior ao de abertura.

Não é difícil interpretar o gráfico, no entanto, é necessário ter experiência e continuar estudando o mercado e o próprio modelo de candlestick para que consiga ter bons resultados usando a ferramenta.

Por que usar a análise do gráfico na sua rotina como trader?

O candlestick pode ser usado como uma forma fácil de verificar o comportamento das cotações de um ativo ao longo de um período determinado pelo trader.

Usando o candle é possível minimizar erros e confusões, por não precisar de uma linha de gráfico para cada preço apresentado ao longo do período.

Além disso, o uso do modelo permite antecipar tendências das cotações na renda variável quando se tem mais experiência com o candle.

Tendo em vista que, o gráfico forma um padrão específico, que ajuda a prever os próximos movimentos de preços. E isso obviamente melhora as chances de ser assertivo a curto prazo fazendo trader.

Características do candlestick

Para fazer uma análise assertiva, é preciso conhecer quais são os elementos componentes de um candlestick. Tendo em vista que, entendendo quais são eles, se torna possível compreender a dinâmica e fazer uma melhor interpretação do gráfico.

Período analisado

Antes de mais nada é importante saber que cada candle representa o que aconteceu com o preço de um ativo analisado em um determinado período.

Para otimizar o processo o intervalo de tempo é determinado por você, seja 1 minuto, 3 dias, 1 semana, 3 meses ou último ano.

O candlestick serve para analisar ativos do mercado financeiro negociados nas bolsas de valores e também criptomoedas.

Formato do Candlestick analisado

O formato é uma informação importante para avaliar os valores que o ativo analisado atingiu no período de tempo determinado de análise. Observando os valores de:

  • Abertura: preço pelo qual foi fechado o primeiro negócio do período analisado;
  • Fechamento: preço pelo qual foi fechado o último negócio do período;
  • Máximo: maior preço negociado;
  • Mínimo: menor preço negociado

Cor

Por último, a cor do candlestick também é um elemento a ser analisado, uma vez que a cor é um indicativo sobre a existência de alta ou de baixa.

Quando ocorre baixa o gráfico é representado na cor vermelha. Se o preço de fechamento é maior que o de abertura ele representa alta e é verde.

Além de entender as características de um candlestick, é interessante também analisar os padrões que eles apresentam para seus ativos, com o objetivo de identificar boas estratégias a partir da análise de tais padrões.

Tendo como objetivo ser mais assertivo em suas análises, garantindo que possa tomar boas decisões a partir do uso da ferramenta.

Afinal, é possível fazer boas previsões e tomar decisões de acordo com o gráfico, sempre pautando sua decisão de investimento em dados confiáveis.

Aproveite que já aprendeu a usar a ferramenta para fazer análises completas e ter ótimos resultados pautados em dados obtidos a partir do uso do candlestick para comprar ou vender seus ativos no momento correto.